Estou aqui: Início » Religiões » Igreja Católica

Religiões

Religião Católica

Amós (profeta bíblico)

Autor: Equipa knoow.net

Data de criação: 14/03/2008; Revisão: 02/01/2015

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: Apresentação de Amós (profeta bíblico)...

Palavras chave:  religião, igreja católica

 

Quem foi Amós

Amós (do hebraico "carga" ou "portador de carga") foi um Profeta Bíblico, oriundo do Reino de Judá (ou Reino do Sul), que desenvolveu o seu magistério durante o reinado de Jerobão II, por volta do ano 750 a.C, num período de grande prosperidade. Em termos geográficos, a sua pregação centrou-se no Santuário de Betel, um santuário real onde se encontrava a corte do Reino de Israel (ou Reino do Norte).

A sua ida de Judá para Israel deveu-se, segundo ele próprio, a um chamamento de Deus que o convidava a condenar o povo pelas suas injustiças sociais, corrupção e superficialidade na religião, e avisá-lo da destruição que se avizinhava. Utilizando uma linguagem rude mas sincera, própria dos homens do deserto, insurgiu-se contra as injustiças sociais e contra o formalismo religioso e os rituais vazios de sentido. Condenou também a vida corrompida das cidades, dos poderosos e dos sacerdotes, cuja orientação e vida luxuosa que levavam contrastava com a miséria dos pobres. Devido à sua pregação e aos seus vaticínios de catástrofe, em breve se tornou um incómodo para os chefes da sociedade. O episódio mais evidente desta realidade foi a deportação de Amós por Amacias, sumo sacerdote do santuário real de Betel. Regressou então a Judá onde terá compilado o registo dos seus oráculos com os vaticínios sobre o terrível futuro que esperava Israel.

O seu Livro Bíblico (Livro de Amós), classificado pela Bíblia Cristã como livro profético, é, quase na sua totalidade, escrito em poesia, pelo que a sua interpretação deve ser efectuada de uma forma poética, como aliás se aplica a praticamente todos os textos proféticos.

 

Procure outros termos na nossa enciclopédia