História

História Antiga

 

 

Sargão I (Mesopotâmia)

 

Autor: Equipa knoow.net
Data de criação: 14/03/2008

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista em Filosofia e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: Sargão I foi o fundador do grande Império Acádico, que incluía toda a Mesopotâmia, o Elam, parte da Síria...  ver mais

Palavras chave:  Mesopotâmia, Império Acádico

Comente ou leia comentários a este conceito

 

Sargão I (c. 2371-2316 a.C.)
| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

Sargão I

Sargão I foi o fundador do grande Império Acádico, que incluía toda a Mesopotâmia, o Elam, parte da Síria e a Anatólia Oriental. De origem semita, que exercia um cargo de funcionário público em Kish, ter-se-á apoderado do trono local entre 2350 e 2300 a.C. Tendo conseguido, pela primeira vez na História da Mesopotâmia, a hegemonia sobre todas as cidades sumérias e de Akkad, Sargão provoca uma verdadeira ruptura com a organização em torno das cidades-estado rivais entre si. A sua primeira vitória foi a conquista de Uruk a Lugal-Zagesi em 2347 a.C. , submetendo assim toda a Suméria ao seu poder. Seguiu-se a conquista de Elam a oriente do Tigre e posteriormente a conquista de Mari nas margens do Eufrates a Norte e de Ebla, a mais importante cidade da Síria. Respondendo ao apelo de mercadores mesopotâmicos estabelecidos na Anatólia, Sargão interveio também militarmente nesta região.

A lenda de Sargão: Os feitos de Sargão rapidamente fizeram com que se tornasse numa lenda, em especial o período da sua infância. Segundo a lenda, Sargão seria filho de pai desconhecido e de uma sacerdotisa que o teria abandonado dentro de um cesto colocado à deriva no rio Eufrates (sendo, portanto, um antecedente da história de Moisés). A criança foi recolhida por um jardineiro e, já crescido, foi protegido pela deusa Ishtar. A própria deusa Ishtar terá introduzido Sargão na corte de Ur-Zababa, rei de Kish, com as funções de Escanção. Revoltado com o rei, abandonou a cidade e fundou a sua própria capital Akkad, cuja localização se desconhece mas que se crê se situasse nos arredores de Kish. É a partir de Akkad que Sargão se apodera de Kish e funda o Império Acádico.