Ciências Económicas e Empresariais

Gestão

 

Conceito de Estruturas de Mintzberg

 

Autor: Paulo Nunes

Data de criação: 02/06/2008

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: As Estruturas de Mintzberg, desenhadas e analisadas por Henry Mintzberg em The Structuring of Organizations, são um conjunto de...  ver mais

Palavras chave:  estruturas organizacionais

Com o apoio da PCNunes - Consultores de Gestão, Lda

 

Estruturas de Mintzberg

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

 

Estruturas de Mintzberg

As Estruturas de Mintzberg, desenhadas e analisadas por Henry Mintzberg em The Structuring of Organizations, são um conjunto de estruturas organizacionais em que, para além dos aspectos mais tradicionais como a amplitude de controlo, o grau de centralização e de formalização ou os sistemas de planeamento e os processo de tomada de decisão, são analisadas as componentes básicas da organização, os seus inter-relacionamentos e os mecanismos de coordenação. Segundo Mintzberg, as organizações são constituídas por seis componentes básicas, cada uma das quais com funções específicas, nomeadamente:

1. Vértice estratégico: é constituído pelos gestores de topo (conselhos de administração, conselhos de gerência, etc) e pelo respectivo pessoal de apoio (staff);

2. Núcleo operacional: é constituído pelos operacionais que executam o trabalho básico;

3. Linha hierárquica média: é constituída pelos gestores intermédios, directores funcionais e chefes de serviço, que fazem a ligação entre o vértice estratégico e o núcleo operacional, através da linha hierárquica;

4. Tecnoestrutura: é constituída pelos analistas, engenheiros, contabilistas, responsáveis pelo planeamento, organização e métodos, os quais desenham os sistemas de trabalho dos restantes membros da organização;

5. Logística: é constituída pelo pessoal que tem a seu cargo as funções de apoio (serviços jurídicos, relações públicas, investigação & desenvolvimento, expediente, etc.);

6. Ideologia (ou cultura): inclui os valores, as crenças e as tradições, uma espécie de personalidade da organização que a distingue de todas as outras e introduz uma certa “vida” na própria organização.