Ciências Económicas e Empresariais

Gestão

Termo: Estratégia

(com o apoio de PCNunes - Consultoria e Contabilidade)

Autor: Paulo Nunes

Data de criação: 19/06/2008 ; última alteração: 05/02/2011

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: Apresentação do conceito de estratégia; processo de formulação da estratégia; plano estratégico...  ver mais

Palavras chave:  gestão, estratégia

 

Estratégia

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

Conceito de Estratégia

O termo estratégia tem a sua origem etimológica na palavra grega strategos, a qual deriva de stratos (exército) + agos (comando). Estratégia significava, portanto, a arte do general comandar as suas tropas.

No contexto da gestão das organizações, e no seu sentido mais lato, o termo estratégia designa a definição do propósito da organização ou, por outras palavras, representa o conjunto de decisões e acções a adoptar pela organização que visam proporcionar aos clientes mais valor que o oferecido pelos concorrentes de forma a atingir determinados resultados. Assim, podemos considerar que um gestor é um bom estratega sempre que possuir uma elevada capacidade para se antecipar aos concorrentes na descoberta de oportunidades geradoras de elevado valor percebido pelo cliente.

Sendo a definição de um propósito, a estratégia envolve necessariamente a tomada de decisões a longo prazo, incluindo a definição dos produtos e serviços, a escolha dos mercados, o tipo de posicionamento a adoptar, os objectivos de desenvolvimento, etc. Tendo em conta o alcance temporal e a o facto de envolverem a organização no seu todo, a este tipo de decisões é geralmente dada a designação de decisões estratégicas, as quais precedem e condicionam depois todas as decisões operacionais.

 

Formulação da Estratégia

O processo de formulação da estratégia organizacional envolve geralmente várias fases, as quais podem ser resumidas no seguinte:

-  Diagnóstico Externo: fase prévia destinada a identificar as ameaças e as oportunidades que o meio envolvente pode trazer à organização, quer em termos presentes, quer em termos futuros;

- Diagnóstico Interno: fase em que é efectuada a identificação dos pontos fortes e fracos que a organização apresenta quando comparada com os seus concorrentes directos;

- Orientações Estratégicas: a partir das conclusões retiradas dos diagnósticos externo e interno é então possível definir um conjunto de orientações estratégicas, as quais incluem a escolha dos mercados e dos produtos e serviços, a definição do posicionamento a adoptar, a definição dos objectivos a alcançar, isto é a definição da estratégia propriamente dita.

Para uma maior organização e sistematização da estratégia, é geralmente construído um plano onde são detalhadas as conclusões de cada uma das fases do processo. A esse plano é dada a designação de Plano Estratégico, e ao seu processo de construção a designação de planeamento estratégico.

 

Traduzido para inglês por Susana Saraiva, especialista em traduções Português-Inglês e Inglês-Português. Contacto: spams@sapo.pt