Cienciais Económicas e Empresariais

Economia

Função Oferta

Autor: Paulo Nunes

Data de criação: 30/03/2014

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: O que é a função oferta; representação albébrica e gráfica da função oferta; determinantes da função oferta...  ver mais

Palavras chave:  economia, ciência económica

Este termo está a ser comentado no nosso blog... Participar na discussão

Com o apoio da PCNunes - Consultores de Gestão, Lda

 

Função Oferta

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

O que é a Função Oferta

A função oferta representa a relação entre o preço de mercado de um bem e a quantidade desse mesmo bem que os produtores estão dispostos a produzir e a vender. À representação gráfica da função oferta é dada a designação de curva da oferta. A relação que se verifica entre o preço e a quantidade oferecida é por norma positiva, resultando daí uma curva da oferta com inclinação positiva, o que significa que quanto maior é o preço, maior é a quantidade do bem que os produtores querem produzir e vender. A explicação para esta relação positiva encontra-se no facto dos produtores concluírem que é mais lucrativo afectar maior quantidade de factores produtivos à produção do bem sempre que o seu preço aumente, situação que se deve à Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes. Em termos muito simples, a Lei dos Rendimentos Marginais Decrescentes explica o facto de que os acréscimos de produção são cada vez menores à medida que se acrescentam sucessivamente mais unidades dos factores produtivos - desta forma, para conseguir novos acréscimos de produção é necessário que os acréscimos de factores produtivos sejam cada vez maiores pelo que os acréscimos de custos para produzir sucessivamente mais unidades do bem também sejam cada vez maiores. Tal faz com que o preço exigido pelos produtores para produzirem e venderem sucessivamente mais unidades também seja cada vez maior de forma a compensar os crescentes acréscimos de custos.

 

Determinantes da Função Oferta:

O pressuposto fundamental para determinar a função oferta é a de que o produtores procuram sempre o lucro, isto é, apenas produzirão mais unidades do se isso lhe proporcionar maior lucro. Assim, a partir do momento em que os custos de produção superam o preço de venda, os produtores preferem deixar de produzir e dedicar-se à produção de outros bens. O custo de produção é, portanto, um dos principais elementos que influenciam a oferta é este é, por sua vez determinado pelo custo dos factores produtivos e pelo nível tecnológico. Nos factores produtivos incluí-se, entre outros, as máquinas, a energia, o trabalho, ou mesmo o custo do dinheiro. No caso do nível tecnológico, este refere-se à capacidade de utilização cada vez mais eficiente dos recursos produtivos.

Além dos custos dos factores produtivos e do nível tecnológico, são também determinantes da oferta os preços dos bens relacionados (se, por exemplo, o preço de um bem substituto sobe, a oferta do outro diminui), a política governamental (por exemplo leis relacionadas com a proteção ambiental que podem limitar a oferta), e diversas influências específicas como a as condições meteorológicas, entre outras.

 

Representação algébrica da Função Oferta:

Qs(x) = a + bx

em que "a" e "b" são constantes e "Qs(x)" significa "quantidade oferecida do bem x"

 

Este termo está a ser comentado no nosso blog
Participar na discussão

 

Não encontrou o que pretendia? procure aqui: