Ciências Económicas e Empresariais

Economia

Agente Económico

(com o apoio de PCNunes - Consultoria e Contabilidade)

Autor: Paulo Nunes

Data de criação: 14/09/2007 / Revisto em 12/01/2011

Contributos: Este verbete não recebeu quaisquer contributos. Se é especialista nesta matéria e acha que pode melhorar esta página contacte-nos para o nosso mail: knoow.net@gmail.com.

Resumo: Um agente económico é um indivíduo, conjunto de indivíduos, instituição ou conjunto de instituições que, através das suas decisões e acções, influenciam de alguma forma a economia.  ver mais

Palavras chave:  agente económico decisões famílias empresas estado exterior

 

Agente Económico

| A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z |

Conceito de Agente Económico

Um agente económico é um indivíduo, conjunto de indivíduos, instituição ou conjunto de instituições que, através das suas decisões e acções, tomadas racionalmente, influenciam de alguma forma a economia. Tradicionalmente são considerados como agentes económicos os seguintes:

  • Famílias - Conjunto dos indivíduos que tomam decisões sobre o consumo de bens (enquanto consumidores) e a oferta de trabalho (enquanto trabalhadores);

  • Empresas - Tomam decisões sobre o investimento em equipamentos e outros meios de produção, sobre a produção de bens intermédios e de consumo e sobre a procura de trabalho e de outros factores produtivos necessários à produção;

  • Estado - Autoridade que toma decisões de consumo, de investimento e de política económica, incluindo a política orçamental e fiscal e a política monetária;

  • Exterior - Representa todos os agentes externos à economia em questão e que toma decisões sobre todas as questões anteriores, excepto decisões sobre política económica.

Em alguns modelos é possível ainda distinguir as entidades de intermediação financeira como um agente económico autónomo das empresas. Cabe a este grupo de agentes económico a tomada de decisões relacionadas com a aceitação de poupanças dos aforradores e a posterior concessão dos capitais sob a forma de empréstimos.

 

Relações entre Agentes Económicos

Para facilitar a análise dos relacionamentos entre os diferentes económicos, é comum efectuar a sua representação esquemática à qual é dada a designação de circuito económico. Neste circuito são representados não apenas os fluxos reais (por exemplo a transferência de bens das empresas para as famílias), mas também os fluxos monetários (por exemplo, o pagamento desses mesmos bens pelas famílias às empresas).